Pular para o conteúdo principal

Santa ignorância! E muita insegurança.

É incrivel como tem pessoas que tem o dom de ser ARROGANTES! Não precisam fazer exatamente nada, são frias, cebosas, ignorantes. O que será que passa na cabeça delas?
Sou muito sensível com relação a tratamentos, o que machuca mais,é quando você não faz nada e a pessoa é ignorante com você. A pessoa simplesmente é assim, isso é sinal de insegurança.
Uma pessoa que está o tempo todo atacando aos outros, sempre armada, e se esforça para estar sempre "por cima da carne seca", são pessoas realmente inseguras. Elas tem um certo repulso a pessoas, não por serem anti-sociais como geralmente são classificadas, afinal só de ser uma pessoa já é um animal sociável. Ninguém vive 100% sozinho nesse mundo, isso é impossível, nós somos dependentes uns dos outros, querendo ou não, precisamos comprar, comer, precisamos ir ao médico, sempre estamos precisando dos outros. É inevitável.
Alguns negam esta dependência,  e aí está mais um sinal da insegurança. Ser inseguro não significa ser medroso. Existe muitas pessoas corajosas, mas que são inseguras. Não conheço o contrário. Isto é verdade.

Essas pessoas, na verdade, tiveram muitas experiências ruins com relacionamentos, e por medo de se magoar novamente se fecham de um jeito que ferem que não tem nada haver com a história. Isso não é bom, nem no meio pessoal, nem no profissional, até porque quem não se abre a escuta, não se renova. Sendo assim, acaba ficando ultrapassado pelos bons ouvintes. Saber ouvir é dádiva. É essencial para a vida pessoal, profissional, famíliar...
Saber falar também! Mas saber o que falar e no momento certo, e como vai falar. Não vale apena colecionar inimigos, por causa de um jeito bruto, por ter medo de uma decepção ou de algum chefe. Temos que ser abertos a vida, as pessoas. Claro sabemos que todos falham, e devemos sempre estar preparados para as decepções. Isso sempre vai acontecer. Mas quantas vezes nós mesmos não decepcionamos? Isso é ser humano. Mas mais humano ainda é reconhecer o erro e ser capaz de mudar. E não se amargurar e evitar o mundo, e tratar todos como um bicho. Ter dinheiro e uma boa posição social não compõe uma pessoa admirável, o que compõe uma pessoa admirável é ter caráter, simpatia, conhecimento, e sabedoria.
Isso só se consegue quando se abre para aprender.
Afinal somos eternos aprendizes!

Annie Wallker

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfim... Crismada

Este foi um momento muiito importante pra mim, e pra vocês entenderem um pouco sobre ele vou falar um pouco sobre este sacramento da igreja católica.
Confirmação ou Crisma
A finalidade dos Sacramentos é para tornarmos um sinal de testemunho de vida; é para identificar-nos cada vez mais com Cristo. Não é para só sentirmos bem, pagar ou cumprir promessa.
Por que recebemos o Sacramento da Crisma, chamado também Confirmação? Comumente dizemos que a Crisma no faz soldados de Cristo, que confirma o Batismo, Sacramento adulto que dá responsabilidade. Uma só coisa a Igreja nos garante sobre este Sacramento. A crisma nos concede com
 plenitude o Espírito Santo. Qual o sentido do Sacramento da Crisma? Podemos dizer o seguinte: Todos os 
Sacramentos são Sacramentos de Cristo, mas um deles, a Eucaristia, é por excelência o Sacramento de Cristo. Assim, todos os Sacramentos são do Espírito Santo, mas um deles, a Crisma ou Confirmação, é por excelência o Sacramento do Espírito Santo.
Para melhor compreendermo…

Resenha do livro: Ágape.

O livro do Padre Marcelo Rossi nos fala sobre o amor divino, o mais puro e livre, incondicional. Livre de segundas intenções, de julgamentos. Ele nos mostra que o amor ao próximo, nos aproxima a cada dia mais de Deus, visto que, amando ao próximo como a nós mesmos, estamos amando ao Pai. Nos fala da criação do universo, das trevas à luz. O Padre enfatiza os textos da Bíblia, o livro sagrado, que contam a trajetória terrena de Jesus, seus ensinamentos e o julgamento pelo qual passou, para que o amor de Deus pela humanidade fosse provado. Amor este que não é capaz de discriminar-nos pela cor da pele, pelo sexo, religião e etc., mas que já nasce com o ser humano, sendo ele, naturalmente capaz de amar e não de odiar. O ódio que, infelizmente, acontece no coração do homem, é fruto de ações mesquinhas. Mas, temos como missão, ensinar aos nossos irmãos o amor como verbo de ação: amar. O Padre Marcelo nos fala também sobre a morte como passagem para a vida eterna. E que é na vida que temos qu…