Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 7, 2010

Sou aquela

Eu sou aquela que sente o seu perfume mesmo quando você está longe;
Eu sou aquela que sente falta do seu sorriso, ás vezes escondido;
Sinto falta do seu olhar, ás vezes tão ardente
Sinto o grande vazio quando você está ausente.

Fique mais perto
seja esperto
não tente fingir
Você entende
você sente
não tente fugir

Eu sou aquela que sabe quando você está sensível
Eu sou aquela que te acha insubstituível

Eu sou aquela que sabe que é visível.
que o que acontece conosco,
 fugir, é impossível

Se é química, fisíca ou matemática...
Não importa!
Mas de exata a nossa fórmula
Não tem nada
Somos a conta onde 1+1 pode dar 3.
Somos a Química turbulanta,
REações inquietantes
independe do dia ou do mês.
Somos fisíca pura sem censura
Onde a inércia não tem vez.
A reação que a sua ação provoca em mim
faz borbulhar toda essa essência,
a procura da ciência,
de saber quem é você.