sábado, 12 de março de 2011

Coisas para se pensar...

O Perdão
Perdoar é bom, e satisfatório, mas não é fácil. Jesus perdoou seus inimigos enquanto eles o matavam friamente, realmente, Ele é meu Super Herói!!! Qualquer pessoa, ou personagem de ficção mesmo, não tem facilidade em perdoar. Vamos combinar que é até uma auto-defesa nossa, neh? As vezes o medo de nos magoarmos é maior do que a coragem de enfrentar as situações da vida com lucidez e maturidade. O homem tende a culpar alguém de seus atos, eis o que é capaz de abalar a fé, a raiva, a esperança, a auto-confiança de qualquer ser humano, o sentimento de culpa. E eis que ele foge dessa sensação torturante e auto-punitiva assim como foge da morte (ou até mais!!! Quantos não se matam por não suportá-la???), e se nossa razão diz, que não é nossa culpa, nos apoiamos nisso com unhas e dentes. Seria exagero? Não. Medo!
Medo de sofrer! como sempre! Medo que nos cega e não nos permite ver a condição do outro e a sua situação , o seu drama pessoal, a necessidade de ser compreendido e não de compreender. Não pensamos. 
Nos fechamos em nossa própria prisão emocional. 
Mas a coisa fica feia  e mais triste quando a mágoa dura... dura dias...dura meses...dura anos...dura uma vida. E se você pensar em voltar no tempo e lembrar o fato, analisar com maturidade vai perceber que o tempo passou e não faz mais sentido toda aquela situação e a que se manteve. Os fatos perdem sua intensidade com o tempo o que os mantém vivos é a mágoa que cria uma condição de Honra aos magoados, não percebem, mas se tornam escravos de seus próprios sentimentos, e muitas vezes tomam atitudes infantis. Sentimentos que os prendem em uma cúpula de vidro de orgulho, de onde todos podem ver seu vazio e o nada que a sustenta. Vale apena ser seu próprio escravo emocional? E consciente de sua insuficiência de racionalidade diante uma situação? 
Eu sei é dificil perdoar uma pessoa que não quer ser perdoada, e que acha que está certa apesar de não estar. Mas é tão bom olhar a todos com o coração limpo, leve e solto. Não guarde mágoa, deixe o tempo cuidar das feridas e não pirorá-las. Pois não existe pior castigo para um inimigo do que sentir que a pessoa odiada não se abala com seus sentimentos negativos.

Auto-análise by Annie Wallker


4 comentários:

  1. Oi Annie, faço este exercício diariamnete de dar e pedir o perdão àqueles os quais necessito do perdão. Jesus deixou um único mandamento que é amar o próximo como a si mesmo. Eita negócio difícil, mas com o tempo a gente realmente aprende a perdoar mais. Pois, aprendemos que a única certeza, é que, tudo passa, aí quando descobrimos esta certeza nos alegramos, e o perdão flui naturalmente.
    Deus te abençoe.
    RosÂngela Moreno.

    ResponderExcluir
  2. Rosa missão dificil essa que Ele nos deixou neh? rsrsrs
    é uma arte dificil, mas que quando depois que aprendemos nos sentimos como pluma rsrs
    Bjux No seu core flor e que ele Esteja sempre contigo

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga grande verdade esse texto...
    Como é dificil perdoar...
    E QUE DEUS continue nos ensinando a perdoar sem ficar nenhum residuo...pois são esses residuos que nos fazem mal e contamina o coração...
    Mil beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Annie, seu comentário me lembrou uma história que um dia ouvi: "Um mestre levou seus discípulos a uma pedreira, e disse-lhes que escolhessem várias pedras de vários tamanhos, cada uma proporcional a uma mágoa ou decepção que tiveram na vida. Os discípulos escolheram suas pedras, cada um achando que sua mágoa era maior que a do outro. Encerrada a fase das escolhas, o mestre distribuiu sacos a todos e disse-lhes para colocarem as pedras nos sacos, os sacos nas costas e partirem com ele. Muitos discípulos reclamaram do peso, e o mestre respondeu: - Fica muito mais fácil seguir adiante se vocês decidirem jogar suas mágoas fora..." Beijos, Renato.

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 Coisas de Annie