Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 3, 2012

Enquanto você dormia parte 12

Na manhã seguinte, Danae desceu faminta. Quase não dormira, virando-se na cama por um longo tempo. Chegando no pé da escada, ouviu o som de louça e prataria atrásde uma porta. Cautelosamente, abriu a porta e encontrou um am­biente prazeroso, não só pelo aspecto como também pelo aroma. E, no meio do cômodo iluminado pelo brilho ofuscante do sol, Sion lia atentamente o jornal. Quando um criado surgiu para fechar a porta atrás dela, Danae viu-se obrigada a se aproximar de Sion. O marquês ergueu a cabeça e levantou-se para esperar que ela se sentasse. Seu sorriso era cortês, mas seu olhar frio. — Bom-dia, minha querida. — Ciao, caro — Danae o cumprimentou, sentando-se. Quis perguntar como Sion dormira, se tivera pesadelos, mas não se atreveu na frente do criado. Ao sentar-se, viu que havia um jornal também para ela, cortesia que nunca lhe fora feita. A jovem lia os jornais apenas depois que seu pai os punha de lado, e sem o conhecimento dele. — Fiz uma assinatura desse jornal para você, Danae. E…