Pular para o conteúdo principal

Porque não quebrar tudo…

Todo mundo sabe que é mais que legítima toda esta manifestação que está acontecendo no Brasil, e que o povo brasileiro está, na verdade, cansado de tanta hipocrisia. Não podemos confiar em quem votamos, estão todos sempre mentindo. Na eleição é uma coisa, durante o mandato outra.
O problema é que o brasileiro cansou de não ter voz pra reclamar e ser enganado a todo tempo. Nossos políticos vivem tendo crises de bipolaridade aguda. O fato é: cansamos de ser tratados como selvagens pelos estrangeiros, e como retardados pelo nosso governo, cansamos desse zoológico onde somos tratados como bichos na jaula, em que só nos é satisfeita a vontade parcialmente, quando convém a vontade política, e observados pelos estrangeiros como animaizinhos selvagens, violentos, e no caso das mulheres fáceis.
Todo esse cenário, se evidencia nos escândalos absurdos de corrupção. Eles nem se dão o trabalho mais de esconder, é na cara dura, descaradamente. Jogam na nossa cara nossa falta de voz em uma ditadura disfarçada de democracia. Se vivêssemos em uma democracia, a presidentE já teria aberto as portas para negociação, porque isso é democracia, o povo sendo ouvido. Isso definitivamente NUNCA aconteceu no Brasil.
O fato é que todo esse movimento se deu de maneira tão unida e linda, que realmente complicou para nossos rivais burgueses políticos, e eles estão de todas as formas trocar os papéis perante a imprensa marrom e internacional. Eles já perceberam que deverão agir com calma, eles vão fazer de tudo para nos cansar, nos confundir e fazermos entrar em contradição. É aí que mora o perigo.
A começar pelos discursos quase que apoiando o movimento na televisão, e a teatralidade do discurso fica muito bem evidenciada quando os policiais começam a atirar nas pessoas, durante a manifestação de hoje, sem nenhuma razão aparente, já que os verdadeiros baderneiros não foram atingidos. E aí o cidadão, que está lá protestando pacificamente, fica tão revoltado com a agressão da polícia que se junta aos baderneiros. PIMBA! É essa a estratégia para deslegitimar o protesto!!! E assim de fato confirmar o esteriótipo de “Selvagens”, “primitivos”, “favelados”, “sem educação” que na verdade o governo quer ratificar lá fora para legitimar suas ações violentas!!!! E quem sabe até pedir "reforços".
Pessoas, abram o olho!!! Eles não estão brincadeira, e são estratégicos, pensemos com estratégia também!!
ESTE TIPO DE INIMIGO SE VENCE COM SABEDORIA E NÃO COM VIOLÊNCIA!
Por hoje é só.
Bjos no core
Annie Wallker

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfim... Crismada

Este foi um momento muiito importante pra mim, e pra vocês entenderem um pouco sobre ele vou falar um pouco sobre este sacramento da igreja católica.
Confirmação ou Crisma
A finalidade dos Sacramentos é para tornarmos um sinal de testemunho de vida; é para identificar-nos cada vez mais com Cristo. Não é para só sentirmos bem, pagar ou cumprir promessa.
Por que recebemos o Sacramento da Crisma, chamado também Confirmação? Comumente dizemos que a Crisma no faz soldados de Cristo, que confirma o Batismo, Sacramento adulto que dá responsabilidade. Uma só coisa a Igreja nos garante sobre este Sacramento. A crisma nos concede com
 plenitude o Espírito Santo. Qual o sentido do Sacramento da Crisma? Podemos dizer o seguinte: Todos os 
Sacramentos são Sacramentos de Cristo, mas um deles, a Eucaristia, é por excelência o Sacramento de Cristo. Assim, todos os Sacramentos são do Espírito Santo, mas um deles, a Crisma ou Confirmação, é por excelência o Sacramento do Espírito Santo.
Para melhor compreendermo…

Resenha do livro: Ágape.

O livro do Padre Marcelo Rossi nos fala sobre o amor divino, o mais puro e livre, incondicional. Livre de segundas intenções, de julgamentos. Ele nos mostra que o amor ao próximo, nos aproxima a cada dia mais de Deus, visto que, amando ao próximo como a nós mesmos, estamos amando ao Pai. Nos fala da criação do universo, das trevas à luz. O Padre enfatiza os textos da Bíblia, o livro sagrado, que contam a trajetória terrena de Jesus, seus ensinamentos e o julgamento pelo qual passou, para que o amor de Deus pela humanidade fosse provado. Amor este que não é capaz de discriminar-nos pela cor da pele, pelo sexo, religião e etc., mas que já nasce com o ser humano, sendo ele, naturalmente capaz de amar e não de odiar. O ódio que, infelizmente, acontece no coração do homem, é fruto de ações mesquinhas. Mas, temos como missão, ensinar aos nossos irmãos o amor como verbo de ação: amar. O Padre Marcelo nos fala também sobre a morte como passagem para a vida eterna. E que é na vida que temos qu…